AnneGeddes_Wallpaper4Gravidez de gêmeos ou gravidez gemelar

O que eu pode ser mais perfeito  que um bebê lindo, fofo e cheiroso? Dois, três, quatro, ou muitos bebês lindos, fofos e cheirosinhos!!!!

Na gravidez de gêmeos, as emoções se multiplicam, mas também o trabalho, o mal jeito, a falta de jeito, e depois que nascem o trabalha só tem a crescer, e muito.

Certa vez tive um sonho, louco na verdade, como todos os meus sonhos. Sonhei que tinha sêxtuplos e que estava com eles em uma festa junina de igreja, de repente umas crianças começaram a soltar estalinhos, e um dos meus filhos soltou minha mão (alowww, como assim estavam todos de mãos dadas comigo? Mas estavam… era sonho mesmo…) quando fui olhar para ver onde ele estava, outro filho se soltou, e a cada chuva de estalinhos meus filhos iam sumindo, foi terrível, fiquei procurando como louca e nada de achar meus filhos, até que acordei louca e ofegante, pensando “Graças à Deus, graças à Deus!” Perder um filho em festinha já deve ser traumatizante, imagine 6, em meio à estalinhos é de pirar.

Muitas mulheres sentem e vivem essa realidade, de estarem grávidas ou de já terem seus múltiplos, e ainda alguma sonham em conceber gêmeos. Para facilitar nossas vidas e esclarecer um pouco algumas dúvidas selecionei algumas questões importantes sobre múltiplos.

A gravidez gemelar pode ocorrer de duas formas:

  • Pela liberação de mais de óvulo de uma só vez, pela mulher, sendo assim fecundados por diferentes espermatozóides. Nesses casos, nascem gêmeos fraternos, que têm apenas a mesma idade, mas podem ter características completamente diferentes. Nesse caso a incidência aumenta muito quando a mulher faz uso de indutores de ovulação. São gêmeos dizigotos.
  • Fertilização in vitro, geralmente é implantado mais de 1 óvulo fecundado, para garantir a implantação, e dessa forma pode-se gerar mais de uma gravidez ao mesmo tempo. São gêmeos dizigotos.
  • Pela divisão de um único óvulo, fecundado por um único espermatozóide. Essa divisão origina gêmeos idênticos que carregam as mesmas características físicas e cromossômicas. São gêmeos monozigotos.

gravidez-gemeos_f_007

Estou grávida, quando poderei saber se é uma gravidez gemelar?
Existe o conceito de que o nível da gonadotrofina coriônica é mais elevado na gestação gemelar e que a gestante têm enjôos mais intensos. Se isso é verdadeiro em alguns casos, não o é em muitos outros. Por isso, o diagnóstico definitivo depende do exame ultra-sonográfico. O ideal é que seja feito no início da gravidez, nos primeiros três meses, quando se consegue definir, no caso dos gêmeos idênticos, se cada um terá sua própria placenta, o que facilitará muito o acompanhamento posterior da gestação.


A partir de quantas semanas o ultra-som detecta a gestação gemelar?
A partir de cinco ou seis semanas, o ultra-som consegue detectar gêmeos não-idênticos porque existem duas bolsas e duas placentas separadas. Gêmeos idênticos, com uma placenta só, são diagnosticados mais tarde, com seis ou sete semanas e, mesmo assim, é arriscado cometer um erro de diagnóstico: imagina-se que se trata de uma gestação única e depois se descobre que são dois bebês.

A gestação de gêmeos requer cuidados especiais?
Cuidados, preocupações e alegrias são proporcionais ao número de bebês. Como conseqüência, os cuidados com a gestante que vai ter gêmeos têm de ser maiores, porque as modificações em seu organismo são diferentes do que as que ocorrem numa gestação única.
Na gestação gemelar, o volume do útero e do sangue aumenta quase o dobro e, em termos de nutrição, as necessidades serão muito maiores. Além disso, a grávida de gêmeos corre maior risco de apresentar hipertensão, diabetes e parto prematuro. Conseqüentemente, as visitas ao obstetra assim como os exames ultra-sonográficos precisam ser mais freqüentes.
No que se refere ao feto, como já dissemos, as complicações estão mais relacionadas ao número de placentas. Gêmeos idênticos com uma única placenta são mais vulneráveis do que os que possuem placentas independentes e do que os não-idênticos.
Os cuidados que se tem em uma gravidez única também devem ser tomados na gravidez gemelar, porém mais intensamente. A grávida de gêmeos, faz mais ultra-sons para averiguar o crescimento dos fetos, a quantidade de líquido e as condições em que se encontra cada um deles, porque do bem-estar de um pode depender o bem-estar do outro.
A rotina de ultra-sons normalmente deve se iniciar por volta da 7ª semana, para firmar o diagnostico de gravidez gemelar. Na 12° semana é feita a translucência nucal, que revela também quantas placentas existem. A seguir, os exames de ultra-som são repetidos mais ou menos uma vez por mês para quem tem duas placentas e, eventualmente, num intervalo menor de tempo quando a placenta é só uma.

Qual é o tipo de parto mais indicado para a mulher grávida de gêmeos?
A maioria dos partos de gestações múltiplas é por via alta, isto é, por cesariana. No caso de gêmeos, o parto normal é possível dependendo da posição em que estejam os bebês. O ideal é que os dois estejam de cabeça para baixo, o que acontece em 40% dos casos. Nos outros 40%, o número 1 está de cabeça para baixo e o número 2, numa posição diferente. Isso dificulta a realização do parto normal, mas mesmo assim ele pode ser feito porque existem algumas manobras que facilitam o nascimento do segundo bebê. Quando nenhum dos dois está com a cabeça para baixo, a cesárea é o procedimento indicado. Em se tratando de trigêmeos ou quadrigêmeos, o indicado é sempre o parto por via alta.

Qual a melhor maneira de amamentar gêmeos?
Amamentar um único bebê já não é das tarefas mais simples, amamentar múltiplos então é uma tarefa bem mais complicada. O ideal é que a mãe amamente um bebê enquanto o outro dorme, ou pode amamentar os dois concomitantemente, colocando um em cada mama. Se desse modo consegue diminuir as horas que passa dando de mamar e estabelecer um horário para a amamentação, por outro tem de repartir a atenção entre as duas crianças enquanto as alimenta.

Foto: Kate, do Programa "John e Kate + 8", com seus sextuplos na praia,
ela tem ainda duas gêmeas da primeira gravidez.

gemeos sextuplos

E se forem trigêmeos ou mais?
A tendência é que as mães de múltiplos, com três ou quatro filhos amamentem menos do que as que tiveram gestações únicas. Isso acontece não porque o leite seja necessariamente insuficiente, mas porque o trabalho é muito maior e requer ajuda de profissionais.


Como cuidar e dividir o tempo entre gêmeos?
Mesmo os gêmeos idênticos, cada um tem sua peculiaridade, suas vontades e características que logo se tornarão marcantes e diferenciais entre eles. Alguns médicos dizem ser importante que, logo após o nascimento, seja tirada uma fotografia da mãe com os dois bebês juntos, se possível ainda na maternidade, uma lembrança para os profissionais da área de saúde que cuidarão deles e para os próprios gêmeos.

Ao chegarem em casa, o melhor é deixar os gêmeos juntos no mesmo berço, pois estiveram junto durante toda a gestação e podem não se adaptar bem a separação abrupta.

Decore o quarto do seu bebê com cabides decorados e forrados. Compre aqui!!!

cabides todos reduzidos

Add A Comment

Spam Protection by WP-SpamFree